Conheça a nova secretária municipal do Continente

Formada em Administração e Assistência Social, a nova secretária do Continente Rejane da Silveira Ribeiro assumiu o cargo em plena pandemia, tendo que enfrentar de imediato vários desafios, como a redução do quadro de servidores, pois alguns pertencem ao grupo de risco e, por isso, estão temporariamente afastados.

“A primeira providência foi estruturar a Secretaria de forma a continuar prestando serviços à comunidade”, observa. A seu favor, conta o fato de já conhecer a “máquina”, pois desde 2017 ocupava o cargo de superintendente da região continental da SMC.

Conforme Rejane, a Secretaria, mesmo com todas as dificultadas provocadas pela Covid-19, não está parada. As áreas de fiscalização, análise de projetos, registros e alvará estão atendendo em sistema de agendamento (ver quadro).

As obras também se mantêm, apesar de num ritmo mais lento, por causa do vencimento de contratos e também pela impossibilidade de se fazer novas licitações. Um exemplo, destaca a nova secretária, é a pavimentação asfáltica da Rua Irmã Bonavita, no Jardim Atlântico, trabalho em andamento que contempla a remoção das lajotas, recuperação da drenagem e sinalização viária. “Está programado ainda o início da pavimentação da Rua Prefeito Rogério Vieira, dentre outras obras.”

Os olhos da secretária Rejane também focam o momento em que a pandemia estará sobre controle. Em relação ao Centro Cultural do Continente, que acabou não sendo inaugurado por conta do novo coronavírus,  a intenção é procurar a Pro-Coqueiros e, junto com o Conselho Curador do espaço, estabelecer as regras de funcionamento e de gestão.

  “Vamos fazer todos os encaminhamentos possíveis para estarmos prontos quando a situação voltar ao normal.”

Leave A Comment