Se Liga na Rede: saiba como vai funcionar em Coqueiros

Com equipes fixas no bairro, programa da PMF e da Casan fará pente-fino nas ligações sanitárias dos imóveis locais. Os trabalhos iniciaram esta semana

Serão inspecionados os condomínios, estabelecimentos comerciais e casas de Coqueiros, para averiguar se os imóveis da região estão ligados corretamente à rede coletora de esgoto.

A partir desta segunda-feira (07/12) e até o final da semana, equipes do Se Liga Na Rede entregarão, de porta a porta, comunicados oficiais – documento que apresenta o programa e solicita o agendamento da inspeção, que é gratuita. As vistorias começarão no próximo dia 14.

O programa retorna à Coqueiros depois de um trabalho pontual, realizado em junho de 2020, quando o corpo técnico inspecionou imóveis próximos à Praia do Meio, na Rua Gen. Estilac Leal e arredores, por conta do volume significativo de esgoto irregular na rede de drenagem pluvial.

Com atuação estendida a todo bairro de Coqueiros, chegando até Itaguaçu, o Se Liga Na Rede terá como foco inicial a avenida Eng. Max de Souza e as ruas Des. Flávio Tavares da Cunha Mello, Pascoal Simone, São Cristóvão, João Meirelles, Des. Pedro Silva, Fritz Muller, Rosato Evangelista, Euclides da Cunha, Antônia Alves, Des. Tavares Sobrinho, Antenor Moraes, Eduardo Nader e Papa João XXIII.

Para facilitar mais o atendimento, o programa terá sede própria na Rua Desembargador Pedro Silva, n. 3078, sala 102. O telefone para agendamentos, dúvidas e mais informações, com contato preferencialmente por mensagem de WhatsApp, é (48) 98821-6499.

SAIBA MAIS

O Floripa Se Liga Na Rede é um programa da Prefeitura Municipal de Florianópolis, realizado em parceria com a Casan e executado pela ECHOA Engenharia, que busca promover a correta ligação dos imóveis da cidade à rede coletora de esgoto, atendendo bairros específicos por vez.

Uma das frentes da política de saneamento básico da cidade, o programa oferece uma consultoria técnica e gratuita que analisa se o esgoto do imóvel está ligado de forma correta ou não à rede coletora. O agendamento da inspeção fica a cargo do morador ou proprietário.

O programa realiza testes com corante em cada ponto hidráulico do imóvel, fazendo um pente-fino das ligações sanitárias. Em caso de irregularidade, o cidadão é orientado pela equipe técnica sobre como fazer as adequações necessárias, recebendo um prazo para regularização – que será comprovada e registrada em nova inspeção.

Ligações sanitárias inadequadas podem causar entupimento das redes públicas de esgoto e de drenagem com gordura, vazamento de esgoto na rua e contaminação de mar, rios e baías.

Leave A Comment